O narcisista e os filhos

O NARCISISTA E OS FILHOS

              Muitas vítimas de narcisistas acreditam que quando se tem filhos com ele, que tudo mudará, mas isso não acontecerá e terá que estar preparada para cuidar, amar e educar essa criança sem o apoio do narcisista.

              O narcisista insiste em ter filhos, porque querem deixar seu legado, mas isso não o fará a se conectar com o filho.

              A mãe deverá estar preparada para ter respaldo para essa criança, que também será manipulada e colocada nesse jogo emocional.

              Deve procurar ajuda profissional para si, para saber lidar com essa situação e também atendimento psicológico para esse filho, que sofrerá com essa relação tóxica.

Paula Espíndola

Quem cuida da mente, cuida da vida!

#narcisista #filhos #relacionamentospsicologia #insightpsique #paulaespindolapsicologa

A tática abusiva do narcisista

A TÁTICA ABUSIVA DO NARCISISTA

              O narcisista quer sempre ter o controle de todas as situações e pode voltar para sua vítima por acreditar que é sua propriedade.

              Voltar para o relacionamento faz parte do ciclo de manipulação do narcisista, é uma tática abusiva.

              Ele pode voltar de várias maneiras, da forma que acreditar ser o mais convincente, como se fosse casualmente, encontrando por acaso ou procura a vítima dizendo está procurando ajuda profissional e que agora tudo será diferente.

              O narcisista mente, se coloca como uma pessoa orgulhosa, mas na verdade é altamente perverso.

Paula Espíndola

Quem cuida da mente, cuida da vida!

#narcisista #abusivo #relacionamentospsicologia #insightpsique #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Perguntas para psicóloga sobre RELACIONAMENTO CERTO

Perguntas para psicóloga sobre RELACIONAMENTO CERTO

  1. Todo relacionamento tem que ser igual?

              Cada casal tem suas características próprias, peculiaridades, preferências e costumes em comum.

              Então quando você começa um novo relacionamento, vão juntos construindo essa identidade do casal, que é muito particular para cada casal e nunca queira ser igual, copiar outros casais.

  • Como fazer um relacionamento dar certo?

              Para um relacionamento dar certo, vão algumas dicas:

– Primeiro lugar, estar bem consigo mesmo. Como está a sua autoestima? Não adianta querer se relacionar bem, se não estou bem comigo mesmo;

– Saber dosar momentos individuais e os momentos do casal;

– Manter a química do início do relacionamento: o olhar e a admiração do parceiro;

– Terem interesses, expectativas e sonhos em comum;

– Exercitar a intimidade do casal e priorizar a sexualidade, não só o ato sexual, mas todo o contexto de sexualidade: beijo, toque, abraço, olhar, mensagens românticas. A sexualidade pode acontecer desde a hora que você acorda, até a hora de ir dormir, depende como você direciona essa sexualidade;

– Diálogo: tenha conversas produtivas, fale e exercite a escuta.

  • Tem alguma receita que podemos seguir de início para o relacionamento dar certo?

              Não existe receita pronta para os relacionamentos amorosos.

– Comece o relacionamento aos poucos, não vá com tanta intensidade, assim vocês vão construindo a personalidade do casal;

– Use a empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro;

– Aprenda com os erros, para não repetir o que não deu certo;

– Encare as situações com mais leveza e bom humor;

– Mantenha sempre o diálogo, desde o início do relacionamento, expondo suas ideias e sentimentos.

  • O relacionamento certo não é aquele que os dois lutam para dar certo?

              Com certeza! Não adianta um só querer, que o relacionamento dê certo, ambos têm que querer e se esforçar para isso.

              Vamos em busca de relacionamentos saudáveis!

Vídeo do tema: Será que meu relacionamento vai dar certo?

Paula Espíndola

#autoestima #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Encarar o fim do relacionamento com narcisista

ENCARAR O FIM DO RELACIONAMENTO COM NARCISISTA

              Todo término de um relacionamento é muito difícil, desde a percepção da necessidade desse fim, a decisão, até o rompimento.

              Quando se termina uma relação com um narcisista é ainda mais difícil por eles serem tão envolventes e cativantes.

              O fim do relacionamento com narcisista deixa sinais de abstinência como um viciado, acarretando sintomas perigosos com pensamentos obsessivos, compulsivos, quadro depressivo e muitas vezes até ideação suicida.

               A vítima acredita ter o controle da situação, mas está condicionada e fragilizada, necessitando de notícias, então passa a vigiar os passos dele, pois é como um dependente químico, precisa ter contato e acha que saberá lidar com isso, mas é um grande engano.

              Para encarar essa situação será necessário:

  • Em primeiro lugar procurar a psicoterapia, admitindo que precisa de ajuda;
  • Eliminar os gatilhos dessa dependência;
  • Ser persistente no contato zero;
  • Trabalhar esse processo de desintoxicação;
  • Fazer exercícios físicos;
  • Fazer atividades prazerosas, mas que não remeta as lembranças;
  • Estabelecer metas para o recomeço.

Coloque-se sempre em primeiro lugar!

Paula Espíndola

Quem cuida da mente, cuida da vida!

#fim #narcisista #relacionamentospsicologia #paulaespindolpasicologa #insightpsique

O narcisista descartando a vítima

O NARCISISTA DESCARTANDO A VÍTIMA

              O narcisista pode aparentar felicidade por terminar um relacionamento, vê como um descarte de mais uma vítima e não está nem um pouco preocupado com o outro, pois não pensa nos sentimentos dos outros.

              Ele não se apega a vítima, quer alguém que lhe traga satisfação das suas vontades ou para elevar seu status.

              O narcisista é ativo e competitivo ao buscar status e quando não o reconhecem fica zangado e na defensiva.

              Lembrando que os narcisistas estão eternamente insatisfeitos.

Paula Espíndola

Quem cuida da mente, cuida da vida!

#narcisista #vitima #relacionamentospsicologia #abusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique

A pessoa nasce ou se torna narcisista?

A PESSOA NASCE OU SE TORNA NARCISISTA?

              Segundo estudiosos, a pessoa se torna narcisista, acreditando ser através da superproteção, consentimento excessivo e falta de limites dos pais, onde a criança cresce num lar achando que está acima de qualquer coisa, sendo assim, não é falta de amor que gera comportamentos narcisistas.

              Quando os pais inflam excessivamente o senso de autovalor e merecimento da criança, autoimagem internalizada é destacada além do que a realidade externa pode validar.

              Os comportamentos narcisistas podem ser percebidos por volta dos 7 anos de idade.

              A supervalorização dos pais pode prejudicar os seus filhos, portanto fiquem atentos em:

  • Educar os filhos com afeto, amor, gerando bem-estar;
  • Não deixar a criança acreditar que merece mais que os outros;
  • Quando um dos pais tem atitudes narcisistas, a criança poderá imitar esses comportamentos.

Lembrando que a educação familiar contribui para o bem-estar dos filhos.

Paula Espíndola

Quem cuida da mente, cuida da vida!

#educação #narcisista #relacionamentofamiliar #paulaespindolapsicologa #insightpsique #relacionamentospsicologia