Perguntas para psicóloga sobre ESTRESSE

Perguntas para psicóloga sobre ESTRESSE

  1. Quais os sintomas de uma pessoa estressada?

              Antes de falar dos sintomas, vamos ver o que é o estresse:

  • é um alerta de que algo não está sendo bem gerenciado;
  • são tensões físicas e psicológicas;
  •  é o modo como nosso corpo reage as pressões;
  • pode causar sintomas físicos e emocionais.

              Vou citar os sintomas mais relevantes:

Sintomas físicos:

  • coração acelerado;
  • dor de cabeça;
  • sudorese;
  • dificuldade de respirar.

Sintomas emocionais:

  • irritabilidade;
  • tensão;
  • dificuldade de concentração;
  • cansaço emocional;
  • dificuldade de dormir;
  • crise de ansiedade e angústia.
  • Ando muito estressada com meu marido, às vezes não suporto ouvir a voz dele, fala comigo e eu respondo na estupidez. O que devo fazer para tratá-lo bem? Fico triste depois que faço isso.

              O mais importante é você reconhecer quais são os sinais desse estresse, reveja o que está ocorrendo com você para tentar descobrir a causa disso.

              A convivência mal administrada pode prejudicar o relacionamento.

              Aprenda a reconhecer e trabalhar as suas emoções, porque se o estresse não for bem trabalhado pode realmente afetar e afastar os casais.

  • O que me levou a ficar tão irada e estressada, explodir tanto que bati nele. Eu não era assim.

              São vários comportamentos que surgem quando estamos estressados, como:

  • raiva;
  • irritação com tudo e com todos;
  • noites mal dormidas;
  • pensamentos pessimistas e negativos;
  • perda do interesse pelo trabalho e lazer.

              Em primeiro lugar, você tem que trabalhar suas emoções para conseguir controlar seus impulsos, como este por exemplo de partir para agressão.

              Quando estresse sai fora do controle, é uma grande ameaça, podendo levar a desajustes psicológicos e até doenças físicas.

              No seu caso, acho importante procurar uma psicoterapia para te ajudar a lidar com emoções e controlar seus impulsos, para não se arrepender depois dos seus atos.

              É fundamental cuidarmos da nossa saúde mental e emocional, sempre!

  • Quando saio do trabalho, não sei se vou para casa ou fico vagando pelas ruas, não aguento mais o estresse no trabalho e depois em casa, são tantas reclamações que não suporto mais meu dia. O que posso fazer quando estiver estressado?

              Em primeiro lugar, está nítido seu sofrimento.

              É difícil lidar com estresse no trabalho e também em casa, mas muitas vezes as pessoas inconscientemente descarregam estresse no lar e quem sofre são os filhos e o parceiro.

              Agora imagine, quando o casal está estressado, vai ficando uma situação insustentável, porque um começa a se irritar com o outro.

              Então quando estiver estressado:

Antes de ir para casa:

  • faça uma caminhada para se acalmar;
  • respire fundo, várias vezes até perceber que está acalmando;
  • faça alguma atividade que lhe dê prazer;
  • relembre os bons momentos com sua família e no trabalho;
  • pense em sonhos futuros e não se martirize com o presente.

Quando chegar em casa:

  • tente esquecer das preocupações do trabalho;
  • aproveite a companhia do seu parceiro com leveza;
  • converse quando estiver tranquilo, mas tomar cuidado porque quando estamos estressados, falamos sem pensar, magoando os outros.
  • Não aguento mais estar estressado em meu trabalho, com minha esposa e comigo mesmo. Como posso lidar com esse estresse?

              É importante lidar com estresse, logo no início.

              Então, vamos algumas dicas:

  • tente descobrir a verdadeira causa do seu estresse;
  • mantenha o diálogo, converse com seu parceiro sobre vocês;
  • converse também sobre as reais preocupações quando estiverem tranquilos, sem agressões e julgamentos e não culpe o seu parceiro;
  • aprenda a diferenciar os problemas do seu relacionamento;
  • respeite seu parceiro e o encoraje a enfrentar os desafios;
  • evite críticas e respeite a individualidade do outro;
  • não agir por impulsos;
  • propicie momentos prazerosos do casal;
  •  tente ver a situação de uma maneira mais positiva e tenha autoconfiança, mesmo sendo difícil;
  • caso esteja difícil lidar com estresse, procure uma psicoterapia.

Vídeo do tema:

Paula Espíndola

Psicóloga, Psicoterapeuta de casal e Terapeuta Sexual

WhatsApp 11 98313 2371

#relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique #psicologaonline #terapeutasexual #relacionamentoamoroso #estresse #mudança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s