Perguntas para psicóloga sobre ANSIEDADE

Perguntas para psicóloga sobre ANSIEDADE

  1. Por que quando as mulheres estão num relacionamento ficam mais ansiosas até nas mensagens visualizadas e respondidas do que os homens?

              Em primeiro lugar seria importante falar um pouco, sobre o que é ansiedade?

  • um sentimento constante de preocupação, de incapacidade e medo;
  •  estado psíquico de apreensão, gerando medo por algo que possa acontecer, por um perigo antecipado;
  • estado de agitação e angústia;
  • a expectativa de um acontecimento inesperado;
  • um desconforto físico e psíquico, excesso de agonia e aflição.

              Segundo pesquisas realizadas, as mulheres têm duas vezes mais chances de sentir ansiedade do que os homens.

  • Queria saber como reagir quando já está se relacionando com uma pessoa, mas o relacionamento não tem definição (namorando ou ficando) e dá aquela vontade de questionar logo o que está acontecendo, principalmente se o homem já te apresentou para família dele em tão pouco tempo. É ansiedade saber o que está acontecendo, precipitado ou correto?

              Olha! Se vocês estão se relacionando e ele já até te apresentou para a família dele, acho natural você querer saber e questionar sobre essa relação, então o questione, converse com ele se você realmente tiver interesse em manter um relacionamento e exponha seus sentimentos.

              Às vezes, para ele pode estar claro esta união ou também pode estar esperando uma posição sua, então faça o movimento e seja feliz.

  • Tenho um relacionamento de 17 anos, que já não vai bem das pernas, ando percebendo nele de vez em quando características de abusador e isso me dói muito, pois tudo que falo ou questiono magoo ele, que some, faz isso como forma de me “castigar” e aí quando acontece sofro muito. É uma ansiedade muito forte com um misto de insegurança, gostaria de saber como tratar isso.

              Em primeiro lugar é uma situação difícil, mas percebo que seu relacionamento está muito complicado, principalmente por essas características de abusador.

              Mas eu te pergunto: É esse relacionamento que você quer para si, que deseja? Analise a situação e reveja o que você quer realmente e enfrente isso.

              Às vezes, com o tempo vamos nos acomodando e aceitando tudo, achando que um dia tudo vai melhorar como um passe de mágica, mas se você não fizer nada, continuará tudo igual, então depende de você, faça esse movimento. Encoraje-se e reaja!

  • Gostaria de saber se existe alguém como eu, que sempre que fica sabendo por alguma amiga que meu marido está me traindo, em vez de aguardar para conseguir as provas eu acabo contando tudo e brigando, falando sem provas e ele sempre consegue inverter, afinal eu nunca consigo provas, pois a ansiedade me destrói e não deixa comer, dormir e nem se quer respirar.

              Em primeiro lugar acho importante deixar claro, as causas que podem levar a ansiedade nos relacionamentos, como:

  • falta de confiança;
  • medo do futuro;
  • preocupações excessivas e exageradas;
  • negatividade.

              Essa ansiedade tem que ser tratada, porque pode atrapalhar a rotina e a pessoa ansiosa requer muita calma, precisa estar bem consigo mesma.

              Ansiedade quando não tratada, pode levar a transtornos de ansiedade, crise de depressão, Síndrome do Pânico.

              Sugiro que você vá em busca de uma ajuda profissional.

  • Sou muito ansiosa no meu relacionamento, fico muito agitada quando marcamos um encontro, quando planejamos fazer algo juntos, mesmo com relação ao nosso futuro junto, o que pode ser tudo isso?

              Um pouco de ansiedade é natural, mas quando começa atrapalhar a nossa rotina, tem que ser investigada para que não leve a um transtorno de ansiedade, que são sintomas de ansiedade intensa que a pessoa apresenta, atrapalhando a sua rotina.

              Esse transtorno apresenta alguns sintomas, como:

  • insônia;
  • depressão;
  • sudorese;
  • tensão muscular
  • dificuldade de respirar;
  • palpitações no coração.

              Perceba e analise o que está acontecendo com você e se necessário procure uma psicoterapia.

  • É normal amar uma pessoa que a gente não se vê mais?

              Pode ser normal amar alguém que você não vê pelas lembranças boas que ficaram, mas se não existe a possibilidade de um retorno, então faça movimentos para a libertação desse amor, para que não se torne um amor patológico, doentio, vivendo só de ilusão, que só machuca, traz sofrimento, mágoas.

              Para esse caso é necessário um acompanhamento psicológico.

  • Além da respiração diafragmática, o que podemos fazer pra gerenciar a ansiedade da melhor forma?

              Para controlar ansiedade, aqui vão algumas dicas, como:

  • reconhecer ansiedade desde o início;
  • controle da respiração;
  • faça exercícios físicos;
  • tente manter a tranquilidade;
  • preencha o tempo ocioso com atividades que lhe dê prazer;
  • aprenda a resgatar e elevar sua autoestima e autoconfiança;
  • não crie expectativas;
  • não se culpe;
  • evite comportamentos destrutivos;
  • fale dos seus sentimentos, não os guarde;
  • quando a ansiedade começa atrapalhar a rotina, procure uma psicoterapia.

Vídeo do tema:

Paula Espíndola

Psicóloga, Psicoterapeuta de casal e Terapeuta Sexual

WhatsApp 11 98313 2371

#relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique #psicologaonline #terapeutasexual #relacionamentoamoroso #ansiedade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s