Perguntas para psicóloga sobre TRAIÇÃO – Parte 1

Perguntas para psicóloga sobre TRAIÇÃO – PARTE 1

  1. Sou casada há 16 anos, temos 2 filhos (13 e 6 anos). No início desse ano meu marido me traiu, eu desconfiei e só tive a certeza em junho. Fiquei extremamente magoada, não consegui digerir nada, pedi o divórcio de supetão, ele pediu perdão não quer a separação, mas continua conversando com a tal. Eu não sei mais o que sinto por ele, sei que não estou conseguindo me concentrar na cama, não consigo sentir desejo por ele. Qual decisão tomar?

              Primeiramente você tem que refletir bem o que quer para si.

              Quer continuar vivendo assim, sem sentir desejo por ele?

              E que tipo de perdão é esse, que ele te pediu, se continua falando com ela?

              Se você decidiu ficar com ele, converse francamente, exponha o que está sentindo e tente reverter essa situação.

  • O que eu faço com ex-mulher que fica postando fotos dela com meu marido, marcando-o. Liga para minha casa, quando atendo ela ri. Conto para ele que me incomoda ou faço de conta que não estou nem aí?

              Acho que você tem que conversar com ele, sempre o diálogo é o melhor caminho.

              Agora eu não sei qual é a postura dele quanto a isso.

              Se ele não corresponde está tudo bem.

              Siga sua vida em frente, tem muitas pessoas que não conseguem lidar com a felicidade dos outros.

              Seja feliz com seu marido, afinal você que está com ele.

  • Fui enganada, descobri que o pai do meu filho não era separado e ele tentou levar anos essa mentira e hoje ele não esconde mais, só que demorou muito tempo para mostrar a verdadeira identidade dele. Eu me sinto traída por ter sido enganada. Doí ainda porque foram muitos anos sonhando com tanta coisa que prometia que na verdade foi só ilusão e mentira. Estou tentando reerguer minha vida sem ele, mas não é fácil, tem dias que estou bem, dias que estou mal.

              A traição sempre doí, mas aquela de mais tempo, envolve mais mentiras.

              Apessoa traída fica ressentida, porque a traição é a quebra da fidelidade, da confiança e da lealdade prometida ao outro.

              Sei que não é fácil, mas lute para reerguer-se.

  • Por que trair nos faz sentir culpada por uns dias? É questão de adaptação, já que o homem geralmente é acostumado a trair sem culpa? Por que foram ensinados que trair não é pecado? É algo de questão de princípios? Ditado pela sociedade machista e nossas mães? Algo colocado em nossa mente desde bebês, que trair é sujo?

              Nessa questão temos que analisar alguns pontos:

  • em primeiro lugar sentir-se culpado, é uma questão de caráter e valores que a pessoa tem, tanto o homem como a mulher;
  • a sociedade é mais flexível com os homens, vê as mulheres que traem como algo imoral;
  • antes de envolver-se em uma traição, deve-se questionar o que quer para si e reavaliar seus princípios e valores.
  • Quem ama trai? Por que as pessoas traem?

              As pessoas traem por vários motivos, mesmo sem envolvimento amoroso.

              Mas por que isso acontece? Então vamos ver alguns fatores que podem levar a uma traição:

  • insatisfação na realização dos seus próprios desejos, expectativas e fantasias;
  • busca pela novidade do desconhecido;
  • aquela válvula de escape para alguma situação que está incomodando;
  • vingança, revolta por saber que foi traído.
  • Fale sobre perdão após a traição e como viver sem sofrimento após a traição?

              Não se pode negar que a traição traz um sentimento de humilhação e gera muita decepção, angústia e sofrimento.

              No caso do perdão, ou seja, se você resolveu perdoar:

  • tem que ter muito diálogo;
  • fazer um recontrato desse relacionamento;
  • repensar bem para ficar com a pessoa para não ficar jogando na cara do parceiro;
  • e pensar em reconstruir essa relação.
  • Como encarar a traição dupla, ou seja, marido com sobrinha?

              É uma situação muito difícil e dolorosa em dobro, porque na verdade foram duas traições, é claro que dá uma revolta essa traição, por ter a confiança abalada.

              Nenhuma traição é fácil, pois é um processo doloroso, porque as pessoas gostam de ser amadas e acolhidas.

              Mas você tem que olhar para si e ver quais são as suas prioridades, para que não fique distante da sua essência e dos seus valores.

  • Eu namoro a distância, nunca confiei em nenhum namorado muito menos nesse, mas agora parece que piorou, não procuro traição, mas certas atitudes dele mostram que ele trai, não sei o que fazer, tenho muito medo.

              Qualquer tipo de traição doí muito, a mentira virtual doí tanto quanto a outra.

              O relacionamento à distância deve ter como base a confiança, é fundamental confiar no parceiro.

              Reveja o que quer para si e se suporta esse tipo de relacionamento, temos que ser honestos consigo mesmo e se você não consegue lidar com essa situação, reveja o que quer para si para não viver com tantas dúvidas e incertezas.

  • Quando mesmo você tendo certeza que ele traiu, mas ele insiste em negar o que eu faço?

              Sugiro que você avalie todo seu relacionamento e analise alguns sinais de traição, que são:

  • atrasos para chegar em casa;
  • mudanças de humor, pessoa passa a ficar mais irritada e estressada;
  • não demonstra interesse e vontade para o ato sexual;
  • preocupação com a aparência, começa a se arrumar mais;
  • apresenta vários compromissos para sair, algo fora do comum;
  • atitudes suspeitas, diferente do que fazia habitualmente, como, por exemplo, entrar do banheiro para atender o celular.

Vídeo do tema:

Paula Espíndola

Psicóloga, Psicoterapeuta de casal e Terapeuta Sexual

WhatsApp 11 98313 2371

#relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique #psicologaonline #terapeutasexual #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #dificuldadesrelacionamentos #traição

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s