Perguntas para psicóloga sobre ISOLAMENTO SOCIAL – Parte 2

Perguntas para psicóloga sobre ISOLAMENTO SOCIAL – PARTE 2

  1. Por vezes quando ocorrem situações de estresse ou de chateação, eu prefiro ficar sozinha do que estar com várias pessoas em volta. É normal?

              É importante você analisar se isto está sendo uma característica recorrente, de querer sempre se isolar quando está com alguma dificuldade.

              A pessoa também pode estar isolada fisicamente, mas não emocionalmente por opção de vida e se sente bem, não traz prejuízo para si, assim está tudo bem.

              O isolamento emocional é a falta de relacionamento afetivo de qualidade, satisfatório com outras pessoas.

              No caso de isolamento emocional seria muito importante fazer psicoterapia.

  • Aconteceu comigo, 7 anos de casada, não me dou bem com a família dele, isso me afetou muito, até terapia já fiz, não falo com uma irmã dele, faz 4 anos que passo ano novo sozinha, por opção de poupar meu emocional, eu não consigo destravar e fico na defensiva, minha relação com minha sogra piorou, mas minha cunhada pra mim é indiferente, eu deixo isso esquecido num canto da minha mente, porque não sei lidar.

              Os conflitos familiares podem prejudicar muito a qualidade dos relacionamentos, e é claro que nos machuca e fere o nosso emocional.

              Sugiro que você converse francamente com seu marido e exponha seus sentimentos e angústias, porque o fato de você ficar sozinha no ano novo, acho que não deve ser nada fácil, fale sobre isso com ele, aproveitando para reverter essa situação nesse fim de ano.

  • Solidão e isolamento social são a mesma coisa? Tenho essa dúvida.

              Solidão e isolamento social não são a mesma coisa.

              No isolamento social:

  • pode levar a solidão;
  • a pessoa se priva do contexto social.

              A solidão:

  • é um estado em que se vive só;
  • reação emocional;
  • sentimento de isolamento;
  • por dificuldades nos relacionamentos;
  • pode ser por falta de objetivo de vida.
  • O que pode levar ao isolamento social?

              Existem várias causas, embora cada caso seja muito particular e pode ser diferente do outro.

              As causas pode ser:

  • situações mal resolvidas;
  • superproteção;
  • Bullying;
  • insegurança;
  • preconceitos: racial, religioso, econômico e aparência física;
  • Transtorno de Ansiedade Social: quando não consegue lidar com ansiedade;
  • Fobia Social: quando o fóbico social foge de situações e se fecha;
  • traumas anteriores e stress pós-traumático: onde um trauma psicológico leva ao isolamento;
  • timidez como uma característica de personalidade;
  • repetição de hábitos familiares;
  • decisão voluntária em busca de equilíbrio e autoconhecimento.
  • O que pode ser feito para sair dessa situação de isolamento social?

              Aqui vão algumas dicas para sair do isolamento social, que são:

  • encorajar-se aos poucos para convívio social;
  • faça atividades que lhe dê prazer, não se prive disso;
  • é necessário ter vontade e querer mudar;
  • ter iniciativa para novas experiências;
  • ir em busca do seu autoconhecimento;
  • faça psicoterapia para se encontrar, ir em busca do seu autoconhecimento.

Vídeo do tema:

Paula Freitas Espíndola

Psicóloga, Psicoterapeuta de casal e Terapeuta Sexual

WhatsApp 11 98313 2371

paulaespindolapsicologa@gmail.com

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulaespindolapsicologa

@relacionamentoabusivopsi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s