O sexo como ferramenta de punição

O SEXO COMO FERRAMENTA DE PUNIÇÃO

Mesmo com desejo e excitação, uma mulher com raiva ou ressentimento pelo parceiro pode rejeitar a continuidade do ciclo da resposta sexual, comprometendo a eficácia da estimulação sexual.

Sendo assim, para ela é fundamental o investimento na sexualidade, ou seja, toda demonstração de afeto e carinho que ocorre durante o dia fica registrado positivamente para si, estimulando-a cada vez mais para a relação sexual.

Segundo Basson, a motivação sexual surge do desejo de ter ganhos através da proximidade emocional, maior vínculo com parceiro, compromisso, amor, feição, aceitação, tolerância, intimidade não sexuais, mas que são importantes para o apetite, o desejo sexual ou a necessidade biológica do ter sexo, assim a mulher tem consciência da necessidade não sexual para ter sexo e com esses ganhos, escolhem experienciar a estimulação sexual.

Quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #intimidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s