Acreditar no amor

SERÁ QUE DEVO ACREDITAR NO AMOR?

A pessoa que passa por várias decepções, desilusões amorosas e frustrações, passa a sentir um vazio interno, que parece que nunca será preenchido.

Surgem vários questionamentos:

  • Por que será que tudo acaba no mesmo lugar?
  • O amor faz sofrer?
  • Por que tenho medo do amor?

Todos esses questionamentos fazem refletir se realmente o amor existe. Ah! Existe sim, com certeza!

Esse vazio interno que está aí dentro, deve ser preenchido, mas não por outra pessoa e sim por você mesmo. Então para preencher esse vazio, será necessária uma reeducação amorosa, assim abraçando a si mesmo e com muito acolhimento e assim ir apresentando para si o amor, então comece pelo amor-próprio e consequentemente, surgirão pessoas maravilhosas em sua vida e assim desfrutarem juntos desse amor.

Para essa reeducação amorosa é fundamental perceber e avaliar se a forma que você tem de perceber o amor não está equivocada.

Será que internalizou um amor disfuncional? E caso perceba que sim, a reeducação amorosa pode ser trabalhada em um processo terapêutico. Procure ajuda psicológica e permita-se amar.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s