O relacionamento e a relação familiar

O RELACIONAMENTO E A RELAÇÃO FAMILIAR

Quando a pessoa se sente invadida em sua liberdade por seus familiares, deve se posicionar através de um bom diálogo familiar, pois a falta de comunicação gera muitos conflitos familiares.

Lembrando que o diálogo produtivo e assertivo aproxima as pessoas.

É fundamental, falar do que lhe incomoda, pontuar o que está atrapalhando a relação familiar para assim encarar as dificuldades que poderão ocorrer na relação familiar.

É primordial, estreitar os laços familiares com reciprocidade e quando se está disposto a essa abertura, fica mais fácil proporcionar o diálogo familiar e consequentemente um maior nível de companheirismo.

Quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Espíndola

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp 11 98313 2371

@paulaespindolapsicologa

paulaespindolapsicologa@gmail.com

#relacionamentoamoroso #conflitoamoroso #relacionamentofamiliar #terapeutasexual #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique #psicologaonline

Meu parceiro não gosta dos meus filhos

MEU PARCEIRO NÃO GOSTA DOS MEUS FILHOS

O início do relacionamento é primordial para conhecer o parceiro, seus gostos, desejos, vontades, manias, medos, dificuldades, estar aberto a escutar o outro.

Idealizamos, desejamos que a relação dê certo, mas pode acontecer de perceber que essa relação não era o que desejava e acabar esse relacionamento e depois de vivenciar o luto do término dessa relação resolveu iniciar uma nova relação.

Conhecendo uma nova pessoa começa tudo de novo, aprender a escutar os objetivos, sonhos do parceiro e inclusive se ter filhos ou conviver com os seus filhos estão em seu plano futuro.

Quando duas pessoas se unem com filhos de antigos relacionamentos tem que ter muito diálogo com novo parceiro para ver se realmente aceitará essa nova estrutura familiar.

O diálogo é primordial em todas as dificuldades nos relacionamentos, lembrando que o diálogo constante ajuda para que diminuam essas dificuldades.

Quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Espíndola

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp 11 98313 2371

@paulaespindolapsicologa

paulaespindolapsicologa@gmail.com

#relacionamentoamoroso #conflitoamoroso #relacionamentofamiliar #terapeutasexual #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique #psicologaonline

Respeitando o momento do casal

RESPEITANDO O MOMENTO DO CASAL

O relacionamento amoroso requer a prioridade e investimento nos momentos do casal, encontros somente dos dois, isso não inclui filhos e nem parentes.

Não quer dizer que não terá momentos familiares, mas tem que reservar momento exclusivo do casal e o ideal seria esses encontros uma vez por semana para aquecer e investir na relação.

Quando o casal entende e prioriza esses momentos fica bem mais fácil se posicionar e estabelecer os limites para que a família entenda a necessidade desse momento.

Conversou com a família, mas eles não entendem! Seja incisivo com seus familiares e escute o coração do casal e curtam esse momento a dois.

Quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Espíndola

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp 11 98313 2371

@paulaespindolapsicologa

paulaespindolapsicologa@gmail.com

#relacionamentoamoroso #conflitoamoroso #relacionamentofamiliar #terapeutasexual #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique #psicologaonline