Será que o narcisista se vitimiza?

SERÁ QUE O NARCISISTA SE VITIMIZA?

O narcisista pode ou não se vitimizar, isso não é uma regra.

Ele se vitimizará quando perceber que esse é um mecanismo que o favorecerá e ao notar que isso mexerá com sua vítima, poderá usufruir dessa estratégia, mesmo que a vítima se sinta culpada.

Lembrando, que narcisista não está nem um pouco preocupado com outro, somente consigo mesmo.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

wa.me/5511983132371

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

O orgulho do narcisista

O ORGULHO DO NARCISISTA

O orgulho do narcisista tem muito a ver com a posição social que deseja ter, mas tem dificuldades em aderir normas e expectativas de reciprocidade social.

O narcisista volta a procurar a vítima mesmo depois do descarte quando percebe que há suprimento ali para que ele possa atingir seus objetivos.

O suprimento é toda carga emocional da vítima, é manutenção do próprio ego dele e devido a fragilidade emocional é facilmente manipulada.

Algo que se deve estar muito atento, é que quando ele volta, fará diversas promessas, que não serão cumpridas e tentará virar o jogo para não perder o suprimento se assim ainda necessário.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

Atendimentos online e presencial

Está com baixa autoestima? Tem dificuldade de lidar4 com autoconfiança, autocuidado e autoconhecimento? Criei um método de atendimento para trabalhar esses auto com aprimoramento do amor-próprio. Estou à disposição para atendimentos. Envie mensagem para WhatsApp para maiores informações. Paula Freitas Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual WhatsApp – 11 98313 2371 WhatsApp: https://api.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=5511983132371 paulafreitaspsicologa@gmail.com

Meu passado influencia em meu relacionamento

MEU PASSADO INFLUENCIA EM MEU RELACIONAMENTO

O padrão relacional, ou seja, a maneira como se relaciona e faz suas escolhas para as relações diz muito sobre seu passado.

O que passou no futuro, com suas feridas, abandono, rejeição, que aprendeu através dos pais ou cuidadores tem muito a ver com a relação de apego, como foi entendendo sobre relacionamentos.

Quando vê essa dificuldade pode desencadear dependência emocional, quando preciso do outro para viver ou até mesmo a codependência, quando preciso que o outro dependa de mim, assim ambos alimentam essa relação que passa a ser tóxica.

É importante avaliar, e isso vai de encontro com seus próprios recursos internalizados, o que cabe dentro de si, respeitando seus limites.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

Quanto maior a idealização, maior a frustração

QUANTO MAIOR A IDEALIZAÇÃO, MAIOR A FRUSTRAÇÃO

A paixão faz parte do início do relacionamento, mas tem tempo de duração.

Faz o casal ver o relacionamento no campo idealizado, que foge da realidade.

Quando passa a fase da paixão, os casais podem se enfraquecer, pois não deveria ter tanta idealização.

Agora vem a fase do amor, com intimidade, desejo, reciprocidade, respeito e reconhecimento.

O maior problema é enxergar o amor romântico, que é calcado na idealização. Durante a convivência não mantem essa idealização, pois traz ideias que não existem.

O amor romântico alimenta a crença de que tenha que fazer tudo para outro e acaba esquecendo de si mesmo.

Quanto maior a idealização, maior a frustração!

É fundamental ter um diálogo assertivo com parceiro para ajustar pontos e alinhar o que precisa ser melhorado e investido para que não ocorra tanta frustração.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi