A influência do pai narcisista

A INFLUÊNCIA DO PAI NARCISISTA

              O comportamento do pai narcisista pode influenciar seus filhos com suas atitudes quando elogiam ou superestimam seus filhos.

              Quando os filhos admiram seus pais narcisistas, passam a supervalorizar suas atitudes e comportamentos, com a sensação de que também podem ser superiores como seus pais.

              Não se deve confundir o investimento na autoestima dos filhos com o aprendizado narcisista, que é prejudicial a qualquer relação saudável.

              Quando percebe alguns comportamentos diferentes em seu filho, com características narcisistas, copiando e projetando o comportamento do pai narcisista, deve estar bem atento e levar a uma psicoterapia para que entenda melhor suas atitudes.

              Caso a criança seja pequena, a mãe ou pai percebendo esse comportamento deve procurar ajuda para si mesmo para aprender a encarar e enfrentar essa relação o quanto antes.

Paula Espíndola

#painarcisista #narcisista #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Mulher narcisista

A MULHER NARCISISTA

              A mulher narcisista desempenha muito bem seu papel de sedutora e de desejar ser percebida como uma pessoa insubstituível por ser tão envolvente.

              A sensação de poder está sempre presente nas relações com mulheres narcisistas.

              O parceiro passa a ter medo de perdê-la, de ser abandonado, já que ela é tão especial, fazendo-o acreditar que não é merecedor de uma mulher tão magnífica.

              Essa mulher descarta sua vítima quando consegue atingir seu objetivo de sugar toda sua energia, então é a hora de ir em busca de uma nova vítima.

              A vítima mesmo que seja descartada, deve tomar um banho de incentivo de autoestima, autoconfiança, recuperar-se dessa relação doentia e perceber que é a pessoa mais especial da sua vida: você mesmo!

Paula Espíndola

#mulhernarcisista #narcisista #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Convívio com narcisista deixa a vítima despedaçada

CONVÍVIO COM NARCISISTA DEIXA A VÍTIMA DESPEDAÇADA

              O relacionamento com um narcisista é uma relação muito intensa e o convívio com ele deixa a sensação de ter tido toda a energia sugada, então surge o desânimo e o desamparo por não estar mais nessa relação mesmo que dolorosa.

              Essa relação narcísica deixa a vítima despedaçada, então está na hora de ressignificar a sua história.

              O importante nessa fase de descarte é se dedicar integralmente a si, mesmo que não sinta muita vontade.

              Seja persistente no contato zero, não remexa em feridas emocionais que ainda não estão cicatrizados.

              A sensação de estar com baixa autoestima são resquícios dessa relação abusiva.

              Caso continue sem ter forças para encarar essa situação, faça psicoterapia para investir em sua autoestima, amor-próprio e perceber que é a pessoa mais importante. Invista em si sempre!

Paula Espíndola

#narcisistas #relacionamentoabusivo #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Como seguir em frente e não ter recaída?

COMO SEGUIR EM FRENTE E NÃO TER RECAÍDA?

              Saindo do relacionamento abusivo deve-se seguir em frente e para isso:

  • Invista em si mesmo;
  • Elimine as lembranças que lhe tragam mais sofrimento;
  • Aproxime-se de seus amigos e familiares;
  • Eleve sua autoestima;
  • Mantenha contato zero para não correr o risco de ter recaída;
  • Estabeleça novos planos e metas para sua vida;
  • Encare suas emoções;
  • Tenha cuidado com autocritica.

Nesse momento de superação faça psicoterapia para estabelecer seu novo EU.

Paula Espíndola

#novoeu #relacionamentoabusivo #recaida #superação #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Como identificar uma relação abusiva?

COMO IDENTIFICAR UMA RELAÇÃO ABUSIVA?

              Quando se inicia uma relação deve-se estar atento se o parceiro apresenta algum indício abusivo.

              Para identificar uma relação abusiva deve-se ficar atento em alguns sinais:

  • Demonstração de cenas de ciúme excessivo;
  • Controlar os passos do parceiro, querer saber onde está e o que está fazendo;
  • Não respeitar a individualidade do outro;
  • Manipula o outro;
  • Chantagens emocionais;
  • Destrói autoestima do outro;
  • Abusos verbais, emocionais, físicos.

Percebendo esses sinais desde o início do relacionamento dê um basta, imponha seus limites ou fuja enquanto há tempo.

Paula Espíndola

#relacionamentoabusivo #chantagememocional #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique