É possível o recasamento?

É POSSÍVEL O RECASAMENTO?

É muito comum o casal se separar mesmo se amando, tantas divergências e conflitos no relacionamento.

É primordial ter a clareza de que o casamento é a modificação de dois sistemas inteiros de cada família de origem e o casal juntos e conectados formar um novo terceiro sistema.

A separação traz muitos questionamentos e precisar ser resolvido emocionalmente, ligados a raiva, culpa, mágoa e frustração.

Passando por essa fase de muitos questionamentos é possível sim o recasamento, vendo como uma reconstituição da família, desapegando do modelo anterior, porque o recasamento mexe com todos os membros da família.

É fase de reestruturação e reelaboração do que aconteceu anteriormente e não deu certo.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

Crise da terceira idade nos relacionamentos

CRISE DA TERCEIRA IDADE NOS RELACIONAMENTOS

O relacionamento amoroso passa por crises e conflitos conjugais que devem ser enfrentados com sabedoria, cordialidade, respeito e empatia.

O relacionamento conjugal enfrenta também a crise da terceira idade, pois é uma fase de muitas mudanças. Todo ciclo de vida traz mudanças. Essa fase pode trazer insatisfação pessoal, profissional, filhos saindo de casa, preparação para serem avós.

É muito recorrente a insegurança e dependência financeira nessa fase, mas é fundamental entender e ver a melhor maneira de lidar com essas situações, aceitando as mudanças dos papéis geracionais, manter o funcionamento de interesses próprios do casal em fase de mudanças fisiológicas, lidando com as possíveis perdas que poderão surgir no decorrer da vida.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

O estresse com a família de origem no relacionamento

O ESTRESSE COM A FAMÍLIA DE ORIGEM NO RELACIONAMENTO

O estresse influencia na qualidade de vida e no bem-estar e consequentemente os picos de estresse podem interferir no relacionamento e até na sexualidade.

Temos o eixo vertical e horizontal, onde leva ao estresse. Os estressores verticais estão ligados ao nosso sistema, cultura, religião, família, colegas de trabalho. Os estressores horizontais têm como referência os nossos ciclos, tempo, como nascimento, morte, imprevistos e questões do momento.

Esses ciclos têm que serem trabalhados para não prejudicar a relação, pois caso contrário, gerará conflito no relacionamento.

Um ponto que mais estressa o casal é o ciclo com família de origem, por isso deve-se escolher o que carrega para seu relacionamento.

O casal deve criar sua mochila emocional dessa relação com o que cabe para esse relacionamento.

A influência da família de origem prejudica até o papel dos pais com seus filhos, por isso é fundamental aceitar seus papéis de pais e estabelecer limites para os avós. Lembrando que os pais são os educadores e não os avós, não delegue essa função a eles.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

O que eu mereço?

O QUE EU MEREÇO?

Ao invés de se questionar e lamentar-se como: “eu mereço o que estou passando”, que tal se perguntar: o que eu mereço?

Quem definirá seu merecimento é você mesmo! Esse merecimento é desenvolvido desde a infância e quando foi negligenciado, cresce com esse sentimento de não merecimento.

Incorpore essa sensação de merecimento e não se prive de suas escolhas, aprendendo a se dar o verdadeiro valor, ou seja, a consideração que temos com nossa própria história.

Para isso é necessário um grande investimento no autocuidado, que não é egoísmo, mas sim nutrir seu amor-próprio.

Nunca é tarde para aprender a se amar, se valorizar e fazer escolhas.

Escolha a si mesmo! Sempre há tempo para nos olharmos com respeito.

Coloque-se sempre em primeiro lugar, não se deixe de lado. Se ame sempre!

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi

Quais são seus limites?

QUAIS SÃO SEUS LIMITES?

O relacionamento deve ser uma parceria com respeito, reconhecimento e reciprocidade. Para que consiga esses pontos importantes é fundamental aprender a estabelecer seus limites e se respeitar.

Quais são seus limites? Muitas vezes, sente a necessidade de que tenha transformações e mudanças no relacionamento, mas não conhece nem seus próprios limites.

Aprenda a se enxergar, ver seus limites e preservá-los.

Não fique se martirizando e remoendo o que viveu em outros momentos, mas foque em si, no presente, em seu desejo de mudar essa situação com encorajamento e sabedoria.

Você já permitiu muita coisa, que não fazia parte da sua essência, mas agora tem a clareza do que não quer mais.

Lembre-se de tirar proveito e grande aprendizado com tudo que já viveu, alinhar o que é preciso, estabelecer seus limites com diálogo assertivo.

Afinal quem cuida da mente, cuida da vida!

Paula Freitas

Psicóloga, psicoterapeuta de casal e terapeuta sexual

WhatsApp – 11 98313 2371

WhatsApp:

paulafreitaspsicologa@gmail.com

@paulafreitaspsicologa

@relacionamentoabusivopsi

#paulafreitaspsicologa #relacionamentospsicologia #insightpsique #terapeutasexual #psicologaonline #psicoterapeutadecasal #psicoeducação #dificuldadesnosrelacionamentos #conflitosnosrelacionamentos #narcisista #relacionamentoamoroso #fimdorelacionamento #separação #sexualidade #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi